Apresentação Ribau

Dom Maio 10, 2015 4:38 pm por Ribau

Ora boa noite, eu sou o Ribau, tenho 18 anos, sou da Gafanha e monto com muito orgulho uma Sachs, como sou muito novo ainda ando de 50cc, dentro de um tempo irei começar a pensar em arranjar algo maior para vos acompanhar :b , posso não ir a passeios mas posso ir a encontros tal como Domingos de …

Comentários: 3

Apresentação de um moço que acha que sabe andar de mota :P

Ter Mar 25, 2014 3:05 pm por kaito

Bom dia, boa tarde ou boa noite (conforme a hora do dia que estiver a ler esta "posta"  Very Happy )

Chamo-me Carlos Ribeiro e, quando não estou em terras africanas, movimento-me pela zona de Albergaria-a-Velha.
Tenho na garagem um "ferro" (XV535 de 93) e uma FJR 1300 de 2002.  
Já a algum tempo que …

Comentários: 5

Novo membro Paulo Renato

Dom Abr 14, 2013 1:03 pm por renato

Olá a todos

Chamo me Renato e sou de Cacia, tive conhecimento através de uns amigos do vosso grupo motard.

Não sou de muitas corridas e loucuras, simplesmente gosto de uns bons passeios de moto e do prazer de conduzir a mesma.

Gostaria de saber se me poderia juntar mais a minha esposa ao …

Comentários: 8

Apresentação

Sab Mar 08, 2014 4:54 pm por Robert Andres

Olá a todos os membros do club motard.
Fiz agora mesmo, o registro no site e vou passar a estar por aqui para saber novidades, encontros, passeios etc.
Saudações motards,
Robert Andrés

Comentários: 6

Boas!

Seg Abr 08, 2013 4:16 am por mistralV104

Boas,

Sou o João, tenho 28 anos e sou de Cacia. Sou tembém o feliz proprietário de uma Honda VFR 800Fi. Very Happy

A ver se um domingo destes apareço no Farol da Barra.

Abraço

Comentários: 5


Regras de Ouro da Condução em Grupo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Regras de Ouro da Condução em Grupo

Mensagem por branco em Sab Abr 11, 2009 7:57 am

Mais uma vez... Very Happy e porque acho que num fórum como este o assunto vem mesmo a calhar... Aqui fica!

1. Verificar o estado das motos
Se não conhece todos os membros do grupo, verifique o estado das motos e a situação dos seguros de cada um. Não se trata de "brincar aos polícias", mas deste controle depende a segurança de todos. Se um dos motards se apresentar sem o seguro válido ou com uma moto equipada com pneus lisos, recuse-o.

2. Prever o itinerário
A fim de melhorar o prazer da viagem, obtenha um itinerário detalhado do percurso previsto, com uma fotocópia do mapa das estradas e o percurso assinalado com marcador colorido e um "road-book" em que estejam assinaladas as principais mudanças de direcção. Esta folha de papel (formato A4) será metida no saco colocado sobre o reservatório. Mais vale prever com antecedência as paragens da viagem (hotel, restaurantes, visitas...) e comunicar um horário aproximado e as direcções destes pontos de encontro para o caso de um dos participantes se perder. Por outro lado, não hesite em parar nos cruzamentos mais importantes.

3. Enquadrar os novatos
Ajude os novos condutores e coloque-os na coluna entre outras pessoas mais experimentadas. A ordem de partida deve ser respeitada ao longo de todo o trajecto. Evite ultrapassagens salvo em caso de força maior.

4. Ultrapassar um após o outro
Se a circulação se tornar densa, as ultrapassagens far-se-ão em grupo nos troços da estrada em que a visibilidade for total. No caso contrário, espere que a moto que vai à frente recupere a nova posição antes de começar a ultrapassagem pois, em caso de surpresa, a moto que segue de perto pode muito bem decidir travar para se reabastecer, em vez de tentar a ultrapassagem.

5. Respeitar as distâncias de segurança
Regra número um, não siga a moto que o precede demasiado perto dela. Conserve uma boa distância de segurança, sobretudo se o pavimento estiver húmido.

6. Antecipar as manobras
No caso de mudança de direcção, de paragem ou de uma situação imprevista, não hesite em travar por pequenos toques a fim de fazer acender a sua luz stop e de prevenir os seus seguidores de que se vai passar qualquer coisa. O mesmo se diga para os piscas a activar antes de cada cruzamento. Por outro lado, é bom assinalar os obstáculos (gravilhas, pedras, terra...) por um movimento com o pé ou levantando o braço se o perigo for real.

7. Vigiar a retaguarda
Para evitar qualquer desmembramento do grupo, cada um deve observar pelo retrovisor os que vêm atrás de si. As motos têm autonomias diferentes e podem ter falta de combustível inesperadamente com um condutor menos atento. Podem dar-se outros incidentes (saída da estrada ou furo) e, nestes casos, se mais ninguém o seguir, faça vários sinais de faróis ao seu predecessor e depois pare num local sem risco, se desejar efectuar meia-volta.

8. Em linha recta, condução em escada
A fim de melhorar as distâncias de segurança e a visibilidade de todos, nas rectas conduza sistematicamente em "escada", isto é, na mesma via uma moto no lado esquerdo, depois outra no direito, depois outra à esquerda e assim sucessivamente. O "leader" deve posicionar-se no lado esquerdo, o que lhe oferece uma maior visibilidade para a frente e para a retaguarda. No caso de travagem de urgência, cada um deverá imperativamente ficar no seu lado, a fim de manter a maior margem de manobra possível.

9. Olhar longe para a frente
Em curva, a fila indiana retoma as regras normais para que cada um possa escolher a trajectória ideal. Um conselho entretanto, não ponha os olhos colados à roda de trás da moto que vai à sua frente. Se o condutor cometer um erro, vai juntar-se a ele na valeta. Conservando o seu campo de visão, concentre-se sobretudo na boa trajectória.

10. Uma bóia de salvação: o telefone
Apesar de todos estes cuidados, um dos membros pode perder-se, desaparecer pura e simplesmente na esquina de uma rua ou ficar bloqueado num semáforo encarnado. Nada de pânico, no "road-book" você teve o cuidado de lhe escrever um número de telefone (eventualmente de um telemóvel, pelo que deve ter atenção às chamadas ou sms) onde será suficiente que ele deixe uma mensagem clara, indicando o local do percurso em que esperará a vossa chegada.
avatar
branco

Posts : 121
Join date : 08/04/2009
Age : 37
Location : Cacia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Regras de Ouro da Condução em Grupo

Mensagem por Andril em Ter Maio 12, 2009 2:45 pm

Mais algumas regras para andar em grupo, em auto-estrada.
Para alem de toda a sinalética, convém ter como base algumas regras.
Quem abre é quem por norma tem mais experiência e/ou melhor conhecedor das estrada.
Quem fecha o grupo tem de ser alguém também com muita experiencia. Já veremos á frente porquê.
O grupo deve manter sempre a mesma sequência. Pode, em particular quando o grupo não é homogéneo (RR's no grupo), haver alguém que queira sair pontualmente do alinhamento para dar que fazer á adrenalina. Pode fazê-lo, sendo que nunca na aproximação de uma estação de serviço, sobe pena de alguém do grupo querer parar e não o poder fazer.
caso alguém do grupo tenha de parar ou diminuir o ritmo por qualquer razão (avaria ou indisposição), ninguém no grupo para. Quem fecha o grupo acelera, ultrapassa o chefe de fila e encosta, fazendo todo o grupo encostar e parar. Deste modo o grupo não fica partido sem saber o que aconteceu aos atrasados.
O penúltimo da fila tem de estar concentrado pois. cabe-lhe a ele essa função, na eventualidade do fechador ter algum problema. (que se possível usará da buzina e sinais de luzes, para assinalar o seu problema)
No caso do grupo ter um andamento mais veloz, ao aproximarem-se de uma estação de serviço ou área de repouso, deve diminuir o ritmo, sobe pena de alguém querer parar e não poder conseguir aumentar o ritmo para assinalar a sua intenção.
Particularmente em auto-estrada, o grupo não deve seguir em fila. Deve usar toda a facha da direita. O "abridor" encostado á direita, quem vem a seguir mais á esquerda da faixa direita e por aí fora. Esta posição permite diminuir as turbulências aerodinâmicas, para alem de ter sempre que vem atrás directamente no espelho.
Não menos importante, é dignificar o motard. Fazer sempre o uso dos piscas, encostar á direita logo a seguir a uma ultrapassagem, usar (se os tiver) os 4 piscas para agradecer, nunca ultrapassar pela direita, nem que para isso se anda quilómetros a fio atrás de alguém. Uma manobra dessas pode causar uma tremenda confusão, num grupo. E já agora, porque não ser simpático? Quantas vezes vemos em carros ou autocarros, miúdos encostados ás janelas a olhar e a sonhar um dia ser um motard? Não custa nada ao passar por eles, cumprimentar com um aceno de mão. Os miúdos deliram, os pais apreciam, e o motard ganha um pouco mais de respeito na estrada.

Um abraço e boas viagens em grupo.
avatar
Andril

Posts : 235
Join date : 15/04/2009
Age : 38
Location : Oliveirinha

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum